Vai viajar de carro no feriado? Saiba quais cuidados tomar

Com o feriado chegando, muitas pessoas aproveitam para viajar e optam pelo carro por conta da liberdade e conforto. Normalmente, nessas datas o volume de veículos nas estradas aumenta e, consequentemente, os acidentes também.

Ter um plano pode diminuir bastante os riscos de acidentes.  Itens mecânicos, calibragem de pneus, níveis de óleo e o funcionamento dos faróis devem ser previamente checados. É preciso preparar-se para pequenos imprevistos como congestionamentos e fenômenos naturais como temporais e neblinas. Dirigir com calma e estar psicologicamente preparado para enfrentar imprevistos diversos são de suma importância.

 

Antes de pegar no volante:

O ideal é levar o carro ao mecânico para fazer uma rápida vistoria. Um especialista pode verificar o carro e avaliar se todos os itens estão funcionando de forma correta.

É preciso verificar todo o sistema elétrico. Luzes de posição como faróis, lanternas e setas são fundamentais e merecem atenção. Caso haja alguma falha, um mecânico precisa examinar o carro. Quando o automóvel é antigo, a avaliação do profissional é indispensável.

É importante conferir fluidos de freio, níveis de óleo do motor, a calibragem dos pneus e seu estado para que se tenha uma viagem mais tranquila a fim de evitar possíveis acidentes.

Um item que muitos motoristas se esquecem de checar é o limpador de para-brisa. A peça precisa estar funcionando perfeitamente para que, em caso de chuva, não atrapalhe a visão do condutor. No reservatório, o ideal é colocar uma colher de detergente para cada litro de água, dessa maneira a limpeza dos vidros será muito mais eficaz.

Muitas pessoas não sabem, mas também é preciso estar atento ao filtro do ar-condicionado. O filtro deve ser limpo para não prejudicar a saúde dos ocupantes do veículo.

A calibragem dos pneus e do estepe necessita ser feita com a pressão recomendada pelo manual.  Nunca se esqueça de que, na hora de calibrar, os pneus precisam estar frios, os itens precisam estar em ótimo estado e a dica é colocar os pneus mais gastos na parte frontal do veículo, pois, caso contrário, a possibilidade de derrapagem fica maior.

Confira a previsão do tempo, a condição das estradas pelas quais você passará para chegar ao seu destino e os melhores horários para viajar. Isso normalmente é informado pelos órgãos de trânsito das cidades.

Se você não quer correr o risco de ver seu carro sendo guinchado, não se esqueça de verificar todas as documentações do seu carro, incluindo o licenciamento do veículo e a documentação de suporte da sua proteção veicular.

Não carregue objetos soltos, eles podem se tornar um perigo em caso de acidentes e fique de olho na quantidade de peso que o seu carro suporta. Essa informação pode ser conferida no manual de cada veículo.

 

Durante a viagem 

Feito todos os procedimentos pré-viagem, é hora de pegar a estrada, porém os cuidados continuam:

Regra primordial: nunca se esqueça do cinto de segurança e só dê partida quando tiver a certeza de que todos os ocupantes estão usando o item.

Em caso de mal tempo, reduza a velocidade. O pisca alerta só deve ser acionado em caso de acidente adiante.

Se o problema for a presença de neblina, o ideal é que o motorista se guie pelas faixas da estrada e, dependendo da intensidade do fenômeno, pare em um lugar seguro, como postos ou base rodoviária, e espere diminuir. 

Algo que deve sempre ser lembrado é que, quando você está na estrada, você precisa ter a atenção redobrada, pois o cuidado serve por você e pelos outros motoristas que estarão compartilhando a mesma estrada. Todo o tipo de veículo tem direito ao mesmo espaço. Tenha prudência com motociclistas e mantenha uma distância segura de caminhões de carga.

Não dirija se estiver se sentindo muito cansado e com sono. O ideal é fazer um repouso antes e parar a cada duas horas durante a viagem para relaxar.

Essa última dica é muito óbvia, mas infelizmente muitas pessoas insistem em ignorá-la, mesmo com tantos avisos e campanhas. Nunca dirija sob efeito de álcool.  Além de ser um risco pra você e para os outros, dirigir bêbado é crime.

 

Nova lei promete mais rigor para motoristas que ingerirem álcool e causarem acidentes com vitimas 

Nesta semana entrou em vigor uma mudança que promete mais rigor para motoristas que ingerirem bebida alcoólica e causarem acidentes com morte ou lesão corporal com gravidade.

Caso haja homicídio e comprovação de embriaguez, a pena passa de dois a quatro anos para cinco a oito anos. Além de aumentar a punição, a mudança obriga que o infrator comece a cumprir a pena em regime fechado e sem a possibilidade do pagamento de fiança no caso de prisão em flagrante.

Lembre-se: tenha muita atenção e respeito com a sua vida e a dos outros. Faça todas as verificações recomendadas no seu carro. Mantenha a tranquilidade, a pressa não combina com a direção. E aproveite a viagem!

Espero que essa postagem tenha sido útil para você. Tem alguma dica que você acha importante e queira compartilhar conosco? Deixe o seu comentário, pois sua opinião é de extrema importância para nós.

2018-04-20T17:06:42+00:00