O que você precisa saber sobre seu carro

As coisas mais próximas a nós, às vezes, podem ser as mais desconhecidas. Afinal, estamos tão habituados com sua presença e sua função no cotidiano que esquecemos que são mecanismos complexos ou que nem sempre estiveram ali.

E se tivéssemos de consertar a própria televisão? Algum eletricista ou técnico deve estar lendo este texto neste momento, mas a maior parte dos leitores – o próprio redator – são incapazes de reparar danos em eletrodomésticos. Poderíamos expandir este comentário para outras áreas.

E vamos. Falando de automóveis, não iremos comentar aqui sobre consertos, mas sobre o que você precisa saber sobre seu carro.

Álcool ou Gasolina

Quando nos referimos a “seu carro” não queremos dize exclusivamente ao automóvel que seja de sua propriedade, pode ser o carro que você está dirigindo atualmente. Seja alugado ou emprestado, apesar de saber que carro é algo muito difícil de se emprestar.

Logo depois de como dar a partida, temos de ter sempre em mente, e com clareza, se iremos abastecer o automóvel com álcool ou gasolina. Muitos devem estar sorrindo agora, afinal, isso parece ser óbvio. Vamos lembrar, contudo, do início do texto de que algumas coisas muito próximas acabam por esquecidas.

Os motores estão cada vez mais resistentes e com tecnologias mais avançadas que as anteriores, mas a confusão entre os tipos de combustível pode causar estragos cujo conserto será muito, muito caro.

Que carro é o seu?

Houve um tempo em que os Fuscas tomavam conta da paisagem automobilística no Brasil, imagine quantas pessoas tentaram entrar no automóvel que não era seu. Atualmente há mais marcas e modelos de carros no mercado, para quem não tem os olhos treinados para os aspectos do mundo automobilístico, todos podem parecer o mesmo.

Saiba o modelo e o ano de seu automóvel. Além de ser tema de conversas corriqueiras, é informação útil que você pode dar para mecânicos e frentistas, para, por exemplo, perguntar se o motor é álcool ou gasolina.

Saiba a placa do seu automóvel. Como as placas são únicas e distintas, elas servem para identificar um automóvel em particular em um estacionamento de carros iguais. Os modelos se parecem, as placas não.

Falando em estacionamento…

Preste bastante atenção em onde você estacionou o seu carro. Quando paramos na frente de um prédio com três vagas, é fácil. Pense, contudo, em estacionamentos de shoping centers, supermercados e aeroportos, cujos estacionamentos são gigantescos. Além do inconveniente de ficar dando voltas e voltas, ficar flanando por um estacionamento a esmo pode ser um risco para segurança.

Busque algum ponto de referência que lhe ajude a encontrar seu automóvel no estacionamento. Não pense entre dois automóveis de cor cinza ou perto das colunas. Afinal, os donos dos automóveis de cor cinza podem ir embora e há muitas colunas.

Use a indicação, como no jogo batalha naval, de letras e números para saber o local. Para ajudar, faça associações para gravar o dado na memória. Um bom exemplo é o citado jogo de batalha naval.

Outro é criar uma história onde os dados se encaixam. Supondo que você estacionou na vaga G7, que fica perto da entrada do supermercado. Você pode começar uma história assim: “Sete Gatos esperavam na porta do supermercado”, onde o “gatos” fornece a letra “g”, e o “sete” é autoexplicativo.

Além de um carro potente, uma memória afiada!…

As três verificações

Pneus, água no radiador e tanque cheio. Antes de pegar a estrada para o fim de semana ou o caminho para o trabalho, verifique estes três itens para não ter surpresas no trajeto. Pense que são três elementos mínimos que fazem o seu dia mais confortável.

Veja como podemos organizar os processos em blocos de três ações. Verificar pneus, verificar água no radiador, entrar no carro; um bloco de ação. Pôr o cinto, ligar o carro e verificar o combustível; outro bloco de ação.

A verificação dos pneus diz respeito a chutar estas peças para ver se estão murchas. Você precisa passar com regularidade em um borracheiro para verificar a calibragem dos pneus. Um automóvel com pneus bem calibrados consome menos combustível. Consideravelmente menos, diga-se.

O mais importante que preciso saber

Afinal de contas, o que é mais importante de tudo que você precisa saber sobre seu automóvel? Se a proteção veicular que você está usando é Facility ou não.

Tão importante quanto saber qual combustível usar, a placa, modelo e ano, se os pneus estão calibrados ou não, é saber que pode contar com uma associação de benefícios que presta assistência de qualidade.

Há muitas situações das quais podemos nos precaver, de outras não. E para todos estes imprevistos, uma associação de benefícios faz toda a diferença. Se você tem Facility, tá tranquilo. Se não tem, é melhor começar a repensar seus conceitos de proteção veicular.

2017-10-24T20:07:06+00:00