O que você precisa saber sobre carros flex

Hoje em dia a maioria dos carros emplacados no Brasil é flex.

De acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), a frota biocombustível já ultrapassava os seis milhões de veículos, 46% do total, há dez anos. E mesmo assim, a tecnologia ainda gera dúvidas.

Separamos algumas informações para esclarecer possíveis dúvidas e ajudar motoristas a utilizar motores flex da melhor forma possível.

 

Não há problema em utilizar frequentemente apenas um combustível

O motor flex foi elaborado para queimar tanto a gasolina quanto o etanol. No escapamento, um componente chamado sonda lambda reconhece qual é o combustível utilizado no automóvel e informa a central eletrônica do modelo, que ajusta o motor para que ele desenvolva o desempenho adequado para o tipo de combustível que foi abastecido ou a mistura presente no tanque.

 

O carro funciona com qualquer proporção de gasolina e etanol

Se você abasteceu com uma quantidade de etanol e depois completou o tanque com gasolina, o seu carro funcionará da mesma forma. A sonda lambda detectará a diferença de oxigênio dos dois combustíveis e passará para a central eletrônica a proporção exata de cada um deles.

 

Troque a gasolina velha do reservatório

Se você normalmente não utiliza até acabar, troque a gasolina do reservatório a cada 90 dias. Gasolina envelhecida pode gerar outros problemas para o seu carro. Abasteça o tanquinho sempre com gasolina aditivada para garantir uma vida mais longa ao sistema.

Se precisar realizar a troca ou limpeza do sistema, procure uma oficina de confiança.

 

Cuidados com o seu carro flex em temperaturas mais baixas

Quando abastecer o seu carro com etanol não esqueça abastecer o tanquinho de partida a frio com gasolina. Se o seu carro estiver abastecido somente com etanol, em temperaturas mais baixas ele pode ter dificuldades para funcionar. Isso acontece porque o carro começa a rodar com o restante do combustível antigo do sistema, se o percurso for de menos de 10km, a sonda lambda não terá tempo suficiente para diferenciar a gasolina do etanol.

 

Escolhendo o melhor combustível

O etanol é um combustível derivado da cana e não deixa depósitos carboníferos no sistema do carro. Já a gasolina, por ser oleosa, lubrifica melhor o sistema.

O etanol tem um preço mais em conta, mas a gasolina proporciona um melhor desempenho para o seu carro.

Carros flex podem ser abastecidos com a gasolina e o etanol, a escolha do combustível deve ser adequada ao seu estilo de direção.

 

 

Gostou do nosso texto? Compartilhe nas suas redes sociais para que seus amigos também entendam um pouco mais sobre os carros flex.

2018-06-25T12:18:34+00:00