Como transferir um carro usado para o seu nome

O passo a passo bem detalhado de como transferir um carro usado para o seu nome.

16 de julho de 2021
O passo a passo bem detalhado de como transferir um carro usado para o seu nome.

O brasileiro adora carro e ter um é uma vontade de muitos. Nem sempre é possível comprar um 0km, por isso o carro usado é uma opção muito boa. Depois de escolher bem, negociar e comprar, ainda falta uma última etapa: a de transferir um carro usado para o seu nome.

 

Isso é muito importante para evitar transtornos futuros tanto para quem compra como para quem vende o automóvel. Multas, dívidas e punições poderão gerar conflitos entre comprador e vendedor, caso a transferência de titularidade não seja realizada corretamente dentro do prazo.

 

Mas fique tranquilo que não é nenhum bicho de sete cabeças. A gente preparou um passo a passo simples e detalhado para você seguir e passar o carro usado para o seu nome sem problemas.

 

1 – Separe os documentos

Comece separando os documentos exigidos pelo Detran para realizar a transferência de titularidade do veículo: CNH, RG, CPF, CRV (Certificado de Registro de Veículo) – devidamente assinado pelo vendedor e com firma reconhecida em cartório; comprovante de residência (90 dias de expedição); laudo de vistoria feita pelo DETRAN do estado ou empresa credenciada e comprovante de pagamento das taxas referentes à transferência. Não esqueça que todos os documentos apresentados pelo comprador devem ser originais com cópias simples de cada um.

 

2 – Quite as taxas

O segundo passo é pagar as taxas de transferência que variam de acordo com a sua residência. Se for necessário, é possível fazer uma consulta ao Detran para descobrir o valor a ser pago.

O comprador também deve ter o cuidado de verificar se o veículo possui dívidas ou multas referentes ao vendedor ainda. O ideal é se certificar se há algum débito antes de agendar a transferência pela internet. Para isso, você também pode fazer uma pesquisa pelo site do Detran, basta ter o número do Renavam.

 

3 – Agende o serviço em detran.rj.gov.br

Depois de separar os documentos, verificar se há alguma dívida no nome do vendedor e pagar as taxas, é hora de agendar o serviço no site do Detran. Acesse o site, procure pelo serviço de transferência de propriedade e escolha data, horário e local de acordo com as opções possíveis.

 

4 – Fique atento aos prazos

O último passo parece simples, mas deve-se ter muita atenção. A transferência precisa ser realizada dentro do prazo de 30 dias e no município de residência do titular. Caso esse prazo não seja cumprido, é aplicada uma multa com classificação grave.

 

Também é possível realizar o processo de transferência através de um despachante, cujo valor varia em cada estado.

 

Viu só como é simples passar o carro usado que você comprou para o seu nome? São apenas alguns passos:

1 – Separar os documentos.

2 – Quitar as taxas.

3 – Agendar serviço no site do Detran.

4 – Ficar atento aos prazos.

 

Seguindo esse passo a passo, você não terá problemas para transferir um carro usado para o seu nome e evitar possíveis problemas no futuro de uma forma simples e segura.

Fique ligado no blog da Facility para mais dicas como essa que simplificam o seu dia a dia no trânsito.