O crescente número de roubos a veículos no estado do Rio de Janeiro assusta

O motorista está no transito e é abordado por assaltantes altamente armados, batendo na janela do seu automóvel e aterrorizando quem está no veículo. Episódios como este estão cada vez mais frequentes no estado do Rio de Janeiro e tem assustado a população.

Só no primeiro trimestre deste ano, segundo o ISP (Instituto de Segurança Pública), foram registrados 15.436 casos de roubos a veículos e fica mais assustador quando comparamos e concluímos que os números se aproximam do total do ano de 2011.

No mês de março, a região da Pavuna sofreu com a ação desses criminosos.  Essa localidade teve um total de 729 veículos roubados e ficou em primeiro lugar na lista das regiões mais afetadas por esse tipo de delito. São Gonçalo ficou em segundo lugar com 632 roubos. As outras regiões críticas são de batalhões da Baixada Fluminense: em Mesquita foram registrados 494 roubos, em Belford Roxo 371 e em Duque de Caxias foram 370.

Em entrevista ao Globo News, Joana Monteiro, presidente do Instituto de Segurança Pública, afirmou: “O roubo de veículo é um tipo de crime que a gente observa aumentos expressivos, e a gente agora está vendo que é um fenômeno que não arrefeceu e segue muito forte”.

 

Mês de março tem recorde negativo de casos de roubo no estado:

O mês de março trouxe um recorde nada animador para o estado do Rio de Janeiro. Foram 5.358 veículos roubados, 6% a mais do que os 5.000 de março de 2017 e o maior número de delitos registrados desde 2003, ano em que ISP começou a coletar e a divulgar esses dados.

Imagine que, foram em média 178 casos por dia e, mais ou menos, sete carros roubados por hora. Um número alarmante que, inclusive, supera o do mês de janeiro deste ano, que teve 5.286 roubos, maior registro que se tinha até então.

 

Como agir em casos de assalto no trânsito? 

Infelizmente, ninguém está livre de passar por situações como essas, mas é preciso saber como se proteger.

Veja a seguir algumas dicas importantes:

  • Nunca pare em lugares desertos ou próximos de pessoas suspeitas. Encontre um posto ou algum lugar com mais movimento. Isso diminui grandemente os riscos de assalto.
  • Os roubos ocorrem normalmente de 18 às 0h, acontecem em locais com diminuição de velocidade, locais escuros e onde fica fácil a abordagem de veículos. Mantenha-se atento e, se puder, evite sair nesses horários.
  • Caso haja crianças dentro do veículo, levante as mãos, avise aos assaltantes sobre a presença delas e pergunte se pode retira-las de lá. A comunicação é de suma importância nesses momentos de apreensão.
  • Nunca reaja a uma voz de assalto. Em muitos dos casos, os criminosos possuem um perfil iniciante e, para mostrar superioridade aos outros assaltantes, acabam agindo com muita agressividade. O correto é que a vítima aja com muita calma e deixe as mãos sempre à vista, comunicando cada ação a ser feita. Qualquer movimento brusco e sem aviso prévio pode parecer uma ameaça. Então, lembre-se: tente manter-se tranquilo.
  • Ter um bom plano de proteção veicular é indispensável, afinal de contas será menos um problema com o que se preocupar.

 

A Facility, como associação de proteção veicular, atende a essas regiões críticas: 

Nesse estado de calamidade em que essas regiões do estado do Rio de Janeiro se encontram, é mais do que necessário estar protegido contra as possíveis ações desses criminosos.

A Facility é uma associação de proteção veicular que te dá assistência em caso de furto, incêndio, colisão e roubo, além de atender as regiões onde essas ocorrências com veículos estão crescentes.

O valor para se tornar um associado é acessível e a cobertura de assistência funciona 24 horas em todo o Brasil.

Essa é uma ótima escolha para você se sentir protegido ao trafegar com seu veículo, tendo certeza que será ressarcido caso ocorra algum imprevisto.

 

Como acionar a proteção veicular?

Se você for vitima de um assalto e tiver seu veículo roubado, a primeira coisa a ser feita é procurar a delegacia mais próxima e fazer um boletim de ocorrência, tanto para comprovar que o sinistro aconteceu quanto para intensificar as buscas pelo seu veículo.  O B.O é uma comprovação necessária de que o incidente ocorreu e as autoridades competentes precisam ser avisadas.

Após ter feito o B.O, é preciso avisar ao seu serviço de proteção automotiva o quanto antes. O ressarcimento acontece de forma muito mais ágil se você também tiver rapidez ao comunicar o roubo.

As notícias são assustadoras, mas ninguém pode ter o seu direito de ir e vir violado, por isso guarde todas essas dicas com você e tenha um bom serviço de cobertura veicular.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a nossa equipe através das redes sociais, do SAC online no site ou pela Central de Atendimento através dos telefones (21) 3476-4008 e (21) 2669-6208.

Deixe seu comentário ou sua sugestão, pois sua opinião é muito importante.

2018-04-20T16:51:45+00:00