Educação de trânsito na infância forma condutores conscientes

Construção de valores
Através da educação de trânsito dentro das escolas, poderemos formar cidadãos mais conscientes e preparados para enfrentar a vida e o trânsito.
O objetivo é contribuir na construção de valores, estimulando o respeito ao próximo para a proteção da vida, que é o nosso bem maior.

A educação de trânsito nas escolas ainda pode auxiliar na compreensão da criança em relação aos elementos e as situações vivenciadas no tráfego.

Quando iniciar?
Os ensinamentos sobre educação no trânsito devem começar nas séries iniciais, alinhando teoria e prática ao mesmo tempo.
As crianças devem receber orientações sobre como manter um comportamento adequado em relação à segurança necessária nas vias públicas, tanto na condição de pedestre, quanto na de passageiro.
Aqueles que usam bicicletas, skates, patins e patinetes devem aprender que existem faixas para ciclistas e outros lugares apropriados e seguros para a diversão, tudo sem negligenciar os equipamentos de proteção e segurança.


Formação e cidadania
Infelizmente, muitos motoristas e pedestres não seguem as leis, o que pode provocar a ocorrência de vários acidentes.
É necessário conscientizar a população destes perigos, por isso, o Brasil sempre elabora campanhas para a educação no trânsito, coma finalidade de chamar a atenção para a importância de respeitar a faixa de pedestres, usar cinto de segurança, não dirigir alcoolizado, utilizar cadeirinha para crianças no carro, etc.

A educação no trânsito não se limita apenas a ensinar regras de circulação, mas também deve contribuir para formar cidadãos responsáveis, autônomos e comprometidos com a preservação da vida.


Cooperação
No cotidiano, o cidadão assume diversos papéis, em diferentes momentos: pedestre, passageiro, condutor, etc.
Por esse motivo, que precisamos agir cooperativamente em cada uma destas situações.
Devemos sempre lembrar que o trânsito não é uma disputa, mas sim um espaço de convivência, onde o menor deslize pode resultar em consequências graves e até mesmo fatais.

Abandone a direção ofensiva de uma vez por todas!
Se cada um de nós for mais gentil no trânsito, reduziremos os índices de acidentes nas estradas.

Aproveite para motivar e ensinar a criançada!
Afinal, as crianças se inspiram nos exemplos dos pais, então reflita no tipo de motorista que você gostaria que seus filhos se tornassem.

Curtiu? Então compartilhe essa ideia em suas redes sociais!

2019-06-12T16:20:42+00:00