Dicas pra você economizar combustível

De acordo com o Doutor Multas:

Economizar na gasolina é uma boa saída para diminuir os gastos e aumentar a renda, ainda mais levando em consideração a atual crise econômica que o país enfrenta. Mesmo que o seu veículo seja econômico, algumas precauções são capazes de diminuir o consumo de combustível.

Além dessa questão econômica, o meio ambiente também é beneficiado pelo consumo menos elevado, visto que a queima de combustível emite poluentes.

Apesar de parecer que a única maneira de poupar gasolina é rodar menos com o carro, saiba que há muitas outras condições responsáveis por fazer você precisar abastecer mais do que deveria.

Prossiga a leitura desse artigo e confira alguns cuidados que são imprescindíveis para que a gasolina possa render.

Basicamente, tudo se resume à manutenção do carro, escolha do combustível e forma como você costuma dirigir.

 

1. Troque as velas

 

É importante trocar as velas conforme a indicação de quilometragem especificada pela montadora. Em geral, a cada 10 mil km.

A função das velas é, justamente, queimar o combustível para que o motor funcione, mas com o tempo de uso elas sofrem desgaste e seu funcionamento inadequado afeta diretamente o consumo de gasolina.

 

2. Cuidado com o excesso de velocidade

 

É comprovado que dirigir acima dos 90km/h aumenta significativamente o aumento do consumo de combustível e acima de 100km/h chega a queimar 25% a mais do que a primeira velocidade.

É adequado manter a velocidade mais baixa para que o consumo se mantenha estável. Além de garantir economia, você garante a sua segurança.

 

3. Mantenha o alinhamento das rodas em dia

 

A falta de alinhamento prejudica a aerodinâmica do carro, fazendo com que as rodas sejam arrastadas ao invés de girarem.

O veículo com as rodas alinhadas apresenta um desempenho superior e, consequentemente, a produtividade adequada não gera gasto de combustível acima do necessário.

 

4. Fique atento ao combustível adequado

 

Um dos principais motivos pelo aumento da queima do combustível é quando este é adulterado ou é de baixa qualidade.

Qualquer componente que altere o combustível original já é suficiente para gerar inúmeros problemas em algumas peças e baixar o desempenho do motor. Consequentemente, o resultado será percebido pelo excesso de combustível consumido.

Cuidado com preços muito abaixo da média, pois esse pode ser um sinal duvidoso com relação à procedência do produto.

 

5. Evite ficar acelerando o carro

 

Tudo bem que em algumas situações é impossível evitar parar o veículo, como, por exemplo, em um engarrafamento.

Mas caso a ocasião permita, essa atitude impede a necessidade de acelerar com frequência, o que aumenta a combustão.

A dica também é válida para os freios. Evite utilizá-los sem necessidade ou frear o carro bruscamente.

 

6. Substitua os filtros de ar e de combustível

 

Os filtros de ar sujos representam, além do aumento de combustível, perda de potência do veículo.

Sua função é essencial para filtrar todas as impurezas presentes no ar, de forma que elas não entrem em contato com o motor.

Mas se estiverem entupidos pelo acúmulo de resíduos, eles não serão capazes de impedir a passagem dos poluentes.

Dessa forma, os componentes serão afetados, o motor perderá desempenho e, consequentemente, precisará de mais combustível para trabalhar.

 

7. Evite andar com os vidros do carro abertos

 

Andar com os vidros abertos afeta a aerodinâmica do carro, pois o ar que entra no veículo exerce uma força maior sobre seu movimento.

O motor, sob essa condição, precisará aumentar seu desempenho para garantir o equilíbrio e, para isso, consumirá mais energia.

 

8. Cuidado com o excesso de bagagem

 

Verifique, no manual do proprietário, o limite de peso indicado para o seu veículo, pois o consumo de combustível será proporcional ao peso de carga, ou seja, quanto mais carregado, mais gasto com combustível.

Isso se explica, pois o peso demanda mais aceleração para que o carro se movimente, gerando maior combustão. Considere fazer uma limpa nos objetos desnecessários, como, por exemplo, a cadeirinha de bebê, mantendo apenas os itens automotivos indispensáveis, tais como: estepe, macaco e triângulo.

 

9. Troque a marcha corretamente

 

A marcha e velocidade devem ser compatíveis para que o motor não exerça mais força do que o necessário. Se você observar que, em uma determinada marcha, a resposta à aceleração é lenta, é sinal de que é preciso trocar a marcha para que o consumo não aumente.

Também não é recomendável acelerar menos, pois nesse caso será preciso diminuir a marcha e acelerar o movimento, o que também fará com que o consumo seja maior.

De qualquer forma, a marcha adequada para cada modelo de veículo é especificada no manual do proprietário.

 

10. Nem pense em deixar em ponto morto

 

Se você acredita que andar com o veículo em ponto morto reduz o consumo do combustível é bom mudar de ideia, pois a prática, além de deixar o carro instável, faz com que seja impossível acionar o freio motor.

Além de não diminuir o consumo, é provável que inclusive aumente e ainda dobrem os riscos de ocorrer um acidente devido à instabilidade.

Esses motivos são mais do que suficientes para que você passe a prestar atenção a todas as condições de uso do seu veículo.

Assim você poupa gastos com a gasolina ao mesmo tempo em que mantém o desempenho adequado do seu carro.

 

Faz parte dos cuidados com o carro, escolher uma proteção adequada pro seu veículo. Faça uma simulação grátis no nosso site e tenha o seu veículo protegido contra roubo, furto e colisão. Tem Facility, tá tranquilo!

Este texto foi escrito em parceria com o Área H.

Essas informações foram úteis para você? O que acha de compartilhar esse conteúdo com os seus amigos?

2018-01-26T14:36:18+00:00