Como funciona uma associação de benefícios mútuos? - Facility ABM

Como funciona uma associação de benefícios mútuos?

27 de outubro de 2020
Como funciona uma associação de benefícios mútuos?

Muitas pessoas confundem uma associação de benefícios mútuos com uma seguradora, mesmo com tantas diferenças entre uma e outra. E isso ocorre especialmente por causa das similaridades em suas entregas.

Mas não se preocupe! Não é difícil entender como funciona uma associação de benefícios mútuos, e a gente vai explicar tudo para você.


Benefícios em primeiro lugar


Como o nome mesmo já diz, uma associação de benefícios mútuos nasce para trazer benefícios de forma mútua para os envolvidos. Enquanto uma seguradora é criada para gerar lucro, uma associação existe para gerar benefícios, focando seus esforços nisso.

As seguradoras negam cobertura para a maior parte das pessoas que a procuram, preferindo apenas os casos de menor risco. Já a associação de benefícios mútuos acomoda também essa parcela da população, priorizando as necessidades de cada associado.

E isso impacta em todo o processo, a começar pela burocracia que é muito menor.


Menos burocracia


Especialmente por não estar dedicada a negar o que prometeu entregar, uma associação de benefícios mútuos é menos burocrática, e não se esconde atrás de um labirinto de regras e papéis assinados.

Afinal, sua intenção é exatamente a de beneficiar os associados, e seu modelo de negócio não possui fins lucrativos. A associação administra os interesses dos filiados, se valendo de parceiros que prestam os serviços necessários.


Contribuição que gera benefícios


Em uma associação de benefícios mútuos, os custos mensais de cobertura são divididos entre todos os associados. Isso diminui o custo para cada um e permite a cobertura de
eventos e acidentes.

Por isso é tão acessível, e não é o CEP de residência, as restrições de crédito ou o histórico de acidentes anteriores que vai dizer se você pode ou não fazer parte de uma associação de benefícios mútuos.

A proteção que você precisa vem em primeiro lugar, e não o lucro da associação, que nem existe.


Benefícios para quem?


Grande parte da população não conhece esse formato e prefere o das seguradoras, mais conhecido. Por isso, uma associação de benefícios costuma ser utilizada por quem tem o perfil negado pela seguradora e precisa de uma segunda opção. Mas é ideal para todos os perfis.

O formato de associação de benefícios é tão tradicional quanto o das seguradoras, e muito utilizado por quem precisa proteger sua ferramenta de trabalho, como no caso de taxistas, caminhoneiros e motoristas por aplicativo. São perfis que, especialmente por usarem tanto o veículo, costumam ter o benefício negado ou o valor exigido muito alto quando procuram uma seguradora.

A associação é perfeita também para quem usa o veículo apenas como meio de transporte, e não para trabalho, pois é a maior quantidade de beneficiados que traz ainda mais vantagens para os associados, garantindo um preço mais baixo que o das seguradoras.


Popularização que gera benefícios


Proteção patrimonial não deve ser um luxo, mas um benefício acessível.

Quanto mais pessoas se filiam a uma associação de benefícios mútuos, mais a associação tem a oferecer. A Facility, por exemplo, possui quase 50 mil associados, e não para de crescer. Quanto mais associados temos, mais benefícios podemos entregar, garantindo tranquilidade, proteção, bem-estar e experiências que sejam incríveis para todos.

Gostou e quer saber mais? Entre em contato e simule a proteção que você precisa.