Carros de PCD e suas adequações

Cada vez mais vemos mais pessoas com deficiência (PCD) dirigindo e provando sua independência. E o mundo comercial ao perceber isso tem feito mudanças, seja em seus estabelecimentos, como vagas específicas para deficientes ou em autoescolas, adaptando as necessidades dos portadores, por exemplo. O mercado automobilístico vendo cada vez mais a crescente demanda começou a produzir mais carros com as adaptações necessárias.

Conhecendo as adaptações dos carros

A adequação dos carros é realizada de acordo com as necessidades e com o gosto pessoal de cada portador e preparada geralmente por empresas especializadas. Grandes marcas de carros como a Fiat por exemplo, oferecem parceiros que montam o Fiat escolhido com as necessidades e características escolhidas pelo cliente. As adaptações mais comumente vistas são para deficientes físicos e auditivos.

Adaptações no carro para pessoas tetraplégicas…

Por essas pessoas não terem o movimento das mãos e pernas são vistas adequações principalmente no câmbio (tendo que ser automático) volante, acelerador e freios. No volante são utilizadas alças que se encaixam nas mãos do condutor, girando em tono de si mesmas. O freio e o acelerador funcionam através de uma alavanca no alcance do corpo da pessoa, que se puxada para trás freia mas para frente acelera.

…e paraplégicas

Como a pessoa paraplégica já tem o controle das mãos, são só necessárias adaptações para freio e acelerador, que pode ser feita com alavancas que serão puxadas pelas mãos do motorista.

Fatores importantes que devem ser analisados na compra do seu carro

A altura do veículo é algo primordial para o motorista por justamente facilitar a entrada e saída do veículo. A largura das portas também é algo a ser analisado pelo mesmo motivo, não podendo ser pequenas. O tamanho do porta malas, algo as vezes que é passado batido pelo comprador deve ser cogitado na hora da aquisição do veículo já que é importante para guardar a cadeira de rodas ou qualquer equipamento que o motorista necessite.

Facilitadores na vida diária do PCD

Rampas, plataformas e elevadores podem ser adicionados aos carros e ajudarem na hora do motorista se transferir do ambiente externo para o carro e vice e versa, tornando a vida de quem dirige o veículo mais independente.

Portadores de surdez podem dirigir?

Já que a visão é a base da direção, o deficiente auditivo pode sim dirigir, só necessitando colocar um adesivo sinalizador de que possui problemas de audição para evitar problemas de segurança e trazer mais respeito ao motorista PCD na hora da direção.

Isenção de impostos referentes à carros para PCD

O deficiente físico que é condutor do carro está isento de vários impostos como por exemplo o ICMS, IPI, IOF e IPVA. Para ter a isenção destes é necessário o carro estar dentro das regras para a necessidade do motorista, laudo médico do condutor bem como CNH em mãos e demais documentos mais básicos para dar entrada na receita federal.

Regras para condutores de pessoas com deficiência

Se você é PCD mas não se encaixa na lista dos que podem ter acesso ao volante ou não quer sempre estar na direção, tem como você ter um condutor. Para isso os procedimentos são os mesmos porém nem todos tem isenção, variando a lei até mesmo de estado para estado. Não pode deixar de citar-se uma observação: o condutor do carro que não seja PCD não poderá estacionar nas vagas de deficientes quando o portador não estiver junto.

E se eu for um PCD e eu tiver algum problema no automóvel? Socorro mecânico!

Muitas empresas de proteção ao veículo oferecem essa ajuda. A Facility não somente a oferece como você pode contar com ela 24 horas, bem como ajuda na hora de trocar os pneus ou na remoção do seu veículo.

Vale sempre lembrar que todo carro merece o melhor e para isso uma proteção veicular de qualidade! Ainda não tem uma? Simule um com a Facility agora mesmo online!

Gostou da postagem de hoje? Acha alguma coisa relevante e que esquecemos de mencionar? Conta pra gente!

2018-03-21T21:31:18+00:00