Atitudes necessárias para manter a valorização do seu carro

Algumas atitudes são fundamentais para que você mantenha o seu carro valorizado e consiga um valor razoável no momento de revenda.

De acordo com um estudo realizado pela revista Autoesporte, em um ano de uso, o veículo pode sofrer uma depreciação de 7 a 23% em seu valor. Uma parte desse total de desvalorização é de responsabilidade do proprietário e a outra por questões comerciais.

A maneira que o proprietário conduz o veículo, a periodicidade das manutenções preventivas e até a higiene contribuem para que o seu carro tenha uma valorização significativa.

Para evitar a desvalorização do seu automóvel, confira essas dicas com a gente.

 

Mantenha a mecânica sempre em dia

Todos os equipamentos, assessórios, o estado da lataria e dos pneus são avaliados no momento de revenda.

Guarde todas as notas fiscais de peças e revisões, elas servirão como documentos para a valorização do seu veículo.

 

Cuidados com a estética

O carro é avaliado externamente e internamente. Arranhões, pequenos amassados, a camada do verniz da tinta e até mesmo marcas de chuva de granizo contribuem para a depreciação do seu carro. Já na parte interna, são avaliados o estado do estofado e odor. Carros de fumantes tendem a ser mais desvalorizados.

Cuide das marcas de pequenas batidas com um profissional, estacione sempre o seu carro em um local coberto e higienize o seu carro quinzenalmente.

 

Cores do veículo

As cores mais neutras possuem uma aceitação maior. Preto e prata são as cores que saem mais, vermelho e branco são veículos menos procurados. Já as cores menos tradicionais como verde e amarelo apresentam uma maior dificuldade na hora da venda.

Leve em consideração essas informações quando for escolher a cor do seu veículo.

 

Quilometragem

Não tem como fugir do fator que mais contribui para a desvalorização do veículo. Mesmo com um ótimo estado de conservação, se a quilometragem estiver alta, certamente as ofertas de compra do seu carro serão mais baixas do que você deseja.

 

Veículos blindados

Os blindados tendem a se deteriorar mais rápido do que os veículos normais. Nos vidros costumam a aparecer bolhas entre as camadas de proteção, assim como outras peças se danificam mais rapidamente. Por isso os veículos blindados são naturalmente mais desvalorizados.

 

Alguns fatores de desvalorização do veículo são inevitáveis, mas outros dependem exclusivamente do seu tratamento com o carro.

Lembrem-se que um veículo é um bem material e mantenha a conservação dele sempre em dia.

 

Gostou do nosso texto? Compartilhe nas suas redes sociais para que seus amigos também possam saber algumas atitudes necessárias para a valorização do veículo.

 

2018-08-28T13:10:19+00:00