8 vícios de direção, para você abandonar antes que seu carro quebre. -

8 vícios de direção, para você abandonar antes que seu carro quebre.

27 de setembro de 2021
8 vícios de direção, para você abandonar antes que seu carro quebre.

Muitas pessoas têm alguns vícios de direção que podem danificar e causar sérios problemas em um futuro próximo.  Fazer manutenção no carro é fundamental para manter o veículo nas melhores condições, a fim de que você dirija com segurança. Porém, não é só a manutenção que é importante. Prevenir também é preciso.

 

Veja alguns desses vícios agora e descubra por que é preciso que pare de fazer o quanto antes se quiser que seu carro dure mais.

 

  • Andar com o carro com o tanque na reserva.

Se você rodar com o tanque de combustível frequentemente na reserva, pode levar ao entupimento dos bicos de injeção ou à sobrecarga prematura do filtro. A gasolina que fica no fim do tanque possui muitas impurezas que podem causar entupimento.

 

  • Descansar o pé na embreagem.

Isso é muito comum. Deixar o pé na embreagem, quando ela não está sendo usada, causa um atrito entre as peças. A consequência é o desgaste desnecessário do disco, provocando sua troca muito antes do normal.

 

  • Segurar carro em subidas só com aceleração.

Isso força a embreagem e o motor, causando desgastes desnecessários nas peças. Para corrigir o tipo de problema que isso provoca, é preciso desmontar o motor. Portanto, é melhor evitar.

 

  • Girar o volante até o batente.

Esse é um vício que prejudica carros com direção hidráulica. Mexer o volante até o final força a bomba do óleo e os retentores. Você deve evitar essa prática, se não quiser conviver com ruídos e problemas no futuro.

 

  • Descansar a mão em cima da marcha.

Isso parece algo inofensivo, mas não é. Essa mania pode causar o desgaste do trambulador. Essa é a peça que transmite a posição da alavanca para a caixa de câmbio. Um sintoma de que esta peça já está ruim são as conhecidas “engasgadas” ao trocar de marcha.

 

  • Passar de lado em quebra-molas.

Muita gente acha que isso é o certo a se fazer, especialmente quando o carro está pesado. Porém, a verdade é que essa prática faz com que o sistema de amortecimento do carro sofra com uma divisão desigual do peso. Isso pode danificar peças resultando em barulhos e quebras.

 

  • Apoiar o pneu na calçada.

Estacionar em uma ladeira, apoiando pneus na calçada, pode danificar as rodas e a suspensão. É possível o aparecimento de bolhas e o desbalanceamento de rodas. Uma dica é estacionar e deixar a primeira marcha engatada, junto ao freio de mão, principalmente se for uma ladeira muito íngreme.

 

  • Fazer arrancadas e reduzidas extremas.

Esse tipo de ação não é nada boa para o carro. Com a frequência alta, esses acontecimentos podem desgastar peças importantes e trazer ruídos e trepidações ao veículo.

 

Há muitas formas de fazer a manutenção do carro, e uma das principais é prevenindo ao fazer um uso consciente do carro, evitando os vícios de direção. Isso aumenta o tempo de vida do veículo e evita danos que só deveriam surgir com mais tempo de uso.

 

Fique ligado nos nossos posts para mais dicas como essas!