6 dicas para valorizar seu carro na hora da venda - Facility ABM

6 dicas para valorizar seu carro na hora da venda

5 de abril de 2021
6 dicas para valorizar seu carro na hora da venda

 

Fazer um bom negócio na hora de vender o seu carro usado não é a mais fácil das tarefas. A venda é definida nos detalhes e, por isso, qualquer coisinha pode fazer com que o comprador desista da negociação. Para evitar que isso ocorra, listamos alguns cuidados que você pode tomar. Confira:

 

Cuide do seu veículo como se ele fosse da família

A primeira dica é a mais óbvia, mas vale ser reforçada. Procure manter seu veículo muito bem conservado, pois qualquer imperfeição visual ou mecânica pode fazer com que ele seja desvalorizado. Se possível, evite expor o seu carro ao sol, à chuva e a demais aspectos climáticos, para não estragar a pintura. Garantir que as manutenções estejam em dia também é essencial.

 

Mantenha peças e equipamentos originais

Procure deixar seu carro o mais original possível, ou seja, não tente vendê-lo com equipamentos que não sejam originais. Por mais que você tenha feito um investimento em algum acessório caro, esse tipo de item (não original) tende a jogar o valor de venda para baixo. Retire todas as customizações que você realizou no seu carro. Normalmente, os veículos que possuem rodas personalizadas, engates e outros atributos demoram mais para serem vendidos.

 

Deixe o interior bem limpo

Nem precisa dizer, mas vamos falar mesmo assim: mantenha o interior do veículo sempre limpo e bem conservado. Os estofamentos não podem estar ressecados, principalmente se forem de couro. Sujeira está fora de cogitação. Dê uma geral no interior do carro antes de apresentá-lo ao comprador interessado.

 

Não faça pequenos reparos na pintura

Se, por um acaso, você for negociar o veículo com uma revenda, deixe que os pequenos reparos sejam feitos pelo comprador. Geralmente, as concessionárias têm empresas parceiras, como funilarias e oficinas, que podem fazer esses reparos para você. Além disso, a repintura pode até desvalorizar o carro, sabia? Isso se deve ao fato de os lojistas preferirem a pintura original.

 

Não perca o manual e (muito menos) a chave reserva

Caso o automóvel ainda esteja no período de garantia do fabricante, mostre o manual do proprietário. Lá, deve constar os carimbos de todas as revisões obrigatórias. Ter a chave reserva do veículo também é superimportante na hora da venda.

 

Guarde todos os comprovantes das manutenções

Guardar os comprovantes das manutenções é um diferencial. Assim, você passa mais segurança ao futuro comprador e pode até pedir um valor maior no momento da venda.

 

Viu só quanta coisa precisa ser levada em consideração antes de você colocar o seu carro à venda?

Se você curtiu este conteúdo, leia também:
Desvalorização de veículos: o que fazer?