Infrações que as mães devem prestar atenção

Nós sabemos que ser uma mãe nos dias de hoje é uma tarefa que apresenta diversas exigências. Uma das principais é dirigir, fazendo o transporte de si e da sua família, como parte diária da rotina. Por isso, preparamos esse texto com algumas das infrações que mais podem afetar uma mãe desavisada no trânsito.

Transportando crianças

Bem, a maioria de nós sabe que no Brasil as autoridades de trânsito e a legislação exigem uma série de cuidados a serem tomados quando se estiver transportando uma criança no carro. Vamos dar uma olhada nos artigos do Código de Trânsito Brasileiro e ver o que ele afirma sobre isso.

Primeiro temos o artigo 64. Esse artigo determina que crianças menores de dez anos precisam ser transportadas apenas nos bancos traseiros dos carros, exceto quando há regulação específica por parte do CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito).

O artigo 168 define que transportar uma criança sem cumprir as normas de segurança é uma infração gravíssima, acarretando 7 pontos na carteira, com multa de R$ 293,47 e retenção do veículo até que a irregularidade seja sanada. Nesse caso, dependendo da idade da criança menor de 10 anos, é necessário ver qual cadeirinha a lei exige que ela utilize como equipamento de segurança.

Enquanto o artigo 64 lida com o transporte de crianças em carros, o artigo 244 fala sobre motocicletas, motonetas e ciclomotores. No inciso V desse artigo, está descrito que transportar uma criança com menos de sete anos ou sem condições de cuidar da sua própria segurança em uma moto constitui uma infração. Ela é classificada como infração gravíssima, acarretando 7 pontos na carteira, multa de R$ 293,47, suspensão do direito de dirigir e recolhimento do documento de habilitação.

Cuidado com a atenção no trânsito

Aqui nós temos uma série de cuidados que não são exatamente em relação à criança, mas são mais gerais e se aplicam a mães dirigindo.

Começamos pelo bem geral mesmo, se referindo à atenção no trânsito. O artigo 169 descreve que dirigir “sem atenção ou sem cuidados indispensáveis à segurança” é uma infração leve, com multa de R$ 88,38 e três pontos na carteira. Essa infração é um tanto subjetiva, podendo ficar a critério do agente de trânsito decidir o que configura dirigir de forma desatenta e insegura. Porém, para quem está com uma criança no carro, podendo distrair o seu foco, é importante manter a atenção no trânsito para não ser multada.

E existem outras situações em que a falta de atenção no trânsito pode ser punida. O artigo 170 especifica “dirigir ameaçando os pedestres[…]ou os demais veículos” como uma infração gravíssima, tendo como penalidade multa de R$ 293,47, suspensão do direito do dirigir, retenção do veículo e, é claro, os 7 pontos na carteira. O que esse artigo qualifica como infrações é menos uma direção simplesmente desatenta, mas quando essa desatenção apresenta um risco real a pedestres ou a outros veículos na pista.

Outras preocupações

Existe uma série de formas de dirigir e se comportar no trânsito que configuram infrações, e que o motorista deve se preocupar, especialmente as mães. Achamos aqui no artigo 252, com toda uma série de restrições:

“Dirigir o veículo:

I – com o braço do lado de fora;

II – transportando pessoas, animais ou volume à sua esquerda ou entre os braços e pernas;

III – com incapacidade física ou mental temporária que comprometa a segurança do trânsito;

IV – usando calçado que não se firme nos pés ou que comprometa a utilização dos pedais;

V – com apenas uma das mãos, exceto quando deva fazer sinais regulamentares de braço, mudar a marcha do veículo, ou acionar equipamentos e acessórios do veículo;

VI – utilizando-se de fones nos ouvidos conectados a aparelhagem sonora ou de telefone celular;

Infração – média;

Penalidade – multa.

VII – realizando a cobrança de tarifa com o veículo em movimento:

Infração – média;

Penalidade – multa.

Parágrafo único. A hipótese prevista no inciso V caracterizar-se-á como infração gravíssima no caso de o condutor estar segurando ou manuseando telefone celular.”

Aqui temos uma série de restrições ao dirigir que configuram infração média. Essa infração traz 4 pontos na carteira e R$ 130,16 de multa. No entanto, ressaltamos o parágrafo no final do artigo. Ele especifica a infração em caso do infrator estar utilizando o celular enquanto dirige. Nesse caso, a infração fica mais pesada, se tornando gravíssima, assim como transportar uma criança de forma indevida segundo as normas de trânsito, aquela primeira infração que falamos lá no começo do texto.

Proteção para mãe a família

Muitos desses cuidados podem parecer simples e até óbvios. Porém, eles são necessários e diariamente, em todo o Brasil, acidentes acontecem por causa da incapacidade de seguir essas preocupações básicas. Caso você esteja interessada em garantir a proteção sua, da sua família e do seu patrimônio, dê uma olhada no Programa de Benefícios Automotivos da Facility.

2017-11-08T12:59:25+00:00